Publicado por: inwhitelight | 11 de Maio de 2010

Danos colaterais da net

Eu tenho internet instalada em casa há 5 anos e já não saberia viver sem ela. Mas recordo-me de quando isso acontecia. E se ainda assim fosse talvez um namoro e uma amizade ainda estivessem preservados a esta hora. Ou já teria que ser assim.

Facto #1

Tenho um amigo que namorava há algum tempo com uma miúda, à qual, sei-o eu, ele era fiel. Mas dado o passado de D. Juan dele, ela vivia consumida pelos ciúmes. Que é que a criatura se lembra de fazer? Criou uma conta no Hi5 com um nome diferente e com fotos de uma outra mulher qualquer e começou a meter conversa com o seu namorado. Depois de algumas trocas de mensagens adicionaram-se no messenger e ela levando a farsa aos limites resolve mandar-lhe uma foto em bikini (sempre fazendo-se passar pela dita cuja desconhecida). Homem que é homem faz um comentário à altura:


Arrancava-te isso à dentada. (Bonito.)

Conclusão: Ela nessa altura resolve confrontá-lo, ela infeliz pela frase, e ele pela atitude em geral dela, terminaram e a coisa azedou de vez.

Facto #2

Estava eu em conversa via messenger com uma amiga (daquelas que eu mais tinha em consideração), falávamos de trivialidades, nada de importante. Nisto eu recebo uma mensagem dela em que ela tinha copiado a última frase que eu lhe tinha enviado, género: “Inwhitelight diz: bla, bla, bla.” Ao qual ela acrescentou um comentário pouco abonatório e completamente contrário àquilo que me estava a dizer a mim.


Ou seja,  ela estava a copiar a minha conversa e a envia-la a outra pessoa, mas enganou-se e enviou aquilo para mim. Ainda por cima estava a dizer-me “sim, sim” a mim e a crucificar-me pelas costas. Ela explicou-se, pediu desculpas. Como de trivialidades se tratavam eu entendi o ponto de vista dela. Agora a atitude que ela teve magoou-me.

Eu já tive tão más experiências com amizades que me custa (cada vez mais) perdoar e dar segundas oportunidades. E ninguém imagina, nem ela sonha, como fiquei triste.

E assim vão os encontros cibernéticos.

Anúncios

Responses

  1. É tramado, sim… ainda assim, bem haja a Internet!! 😀

  2. Lindo…

    Digo-te que o que se faz online, faz-se offline. Por isso a net não tem culpa!

  3. Abrobinha agora é que tu disseste tudo: o que faz online faz-se offline…

  4. terminaram e a coisa azedou, ou a coisa azedou e terminaram? parece-me uma pergunta pertinente 😛

  5. Sim…
    a Net tem as suas coisinhas boas mas… as pessoas ficam sem atenção e cometem erros crasos…

    Mas concordo com a abobrinha…
    a postura on-line é a mesma offline… a diferença e que agora as pessoas sao mais facilmente apanhadas…


Categorias

%d bloggers like this: