Publicado por: inwhitelight | 29 de Abril de 2009

Como a vida mata sonhos!

Hoje estava a fazer caixa no meu local de trabalho e atendi um dos meus ex-professores universitários. Ele quando me viu deu literalmente um salto, o que me fez rir e perguntar: “Estou assim tão feia?“, ao que ele me respondeu: “Não é isso. De todos os meus alunos, tu eras a última que esperava ver atrás de uma caixa. Assim se vê o quanto o nosso país vai mal.

Podem não acreditar mas vieram-me as lágrimas aos olhos e tive de me conter. A cadeira que ele leccionava era considerada um “cadeirão”, daqueles em que metade do pessoal chumba e a outra metade tem notas baixas, não por ele ser mau professor (que não era), mas porque era mesmo difícil. Eu consegui terminá-la com um 18 (não é gabar, é um facto).

Ele continuou: “Como é que é possível não estares na área? Gostas de estar aqui? Como é que são as tuas colegas de trabalho? E pagam-te ao menos algo de jeito? E já casaste? …” Muito atencioso mesmo!

Mas quando me falam a nível profissional é mesmo isso:

” I had a dream my life would be
So different from this hell I’m living
So different now from what it seemed
Now life has killed the dream I dreamed.”

Les Miserables - I dreamed a dream
Anúncios

Responses

  1. Oh, imagino…:(

    *

  2. Julgo ser das coisas de quem mais tenho medo…viver uma vida inteira a fazer algo que não me deixe satisfeita….depois de andar a estudar durante anos.

    Algo melhor há-de vir, acredita =)

  3. Infelizmente é uma realidade muito comum. Conheço muitos e muitos casos. Mãs não é caso para baixares os braços e deixares de lutar pelos teus sonhos!

  4. Pois… Situações como a tua é o “pão nosso de cada dia”, como se costuma dizer!
    Em todo o caso, há que lutar por melhor sorte porque um dia ela aparecerá, certo “senhora 18”?! 😉

  5. 😦
    Confesso que também eu fiz um esforço pra não chorar… a vida realmente é muito injusta… mas eu tenho fé que um dia a sorte muda… Um dia…
    E como diria uma amiga minha: Haja saudinha da boa! que sem ela nada feito…

    Beijinho Bom

  6. Tadinha……

  7. Parabéns. Para teres ouvido isso e para seres recordada por um professor de um cadeirão, eras mesmo boa! Parabéns mesmo!

  8. (recuso-me a comentar a parte negativa… Isto está uma desgraça mesmo 😦 )

  9. Sei bem do que falas… MAs não te acomodes, por favor. A batalhar é agora, e não quando tiveres filhos.

    Beijinho solidário.


Categorias

%d bloggers like this: