Publicado por: inwhitelight | 11 de Março de 2009

Colecções!

Eu colecciono terços e cruzes/crucifixos.

Porque gosto de os usar: para rezar e para usar ao pescoço. Tinha 7 anos quando a minha mãe  me enfiou um fio de ouro com um crucifixo ao pescoço,  que eu desastrada como sempre, tratei logo de perder. Mas desde aí que uso sempre um terço benzido ao pescoço. Tenho muitos mas nunca os suficientes, às vezes ando com o mesmo anos seguidos, outras vezes ponho-me a trocá-los todos os dias.

Sou religiosa, andei 10 anos na catequese, vou à missa nos Domingos em que não trabalho e não chateio ninguém, mas absolutamente ninguém, que não o seja.

O meu mais que tudo é só baptizado, o pouco que sabe rezar decorou-o de me ouvir a rezar à noite, e a primeira missa a que assistiu foi o casamento da minha irmã, tinha ele 24 anos.

Hoje usei um decote e pessoas que me conhecem há anos e que nunca me viram sem um terço ao pescoço lembraram-se de me dizer (mais que uma pessoa!!) :

– Porque é que estás a usar isso ao pescoço?

Digo eu:

– E tu porque é que estás a usar esses brincos? Eu acho-os horrorosos, mas não questiono o facto de gostares de os usar…

Anúncios

Responses

  1. boa resposta!

    as pessoas não têm que criticar as opções dos outros….

    tiveste mesmo muito bem!

  2. Não sou religiosa da maneira que tu és… Acredito em Deus, tenho fé, mas só andei na catequese até fazer a primeira comunhão, não vou à missa ou à igreja sem sentir uma espécie de “chamamento”/necessidade (que é raro e não é necessariamente quando estou em baixo!) e raramente (muito raramente) rezo as rezas normais (falo livremente)…
    Mas incomoda-me mesmo o facto de se estar a perder o respeito pela fé (independentemente da forma como cada um a sente e expressa) e se assistir, cada vez mais, à estigmatização das pessoas que acreditam numa determinada doutrina. É frequente ouvir-se dizer que é parolo, que é tudo uma treta e coisas do género (que foi mais ou menos a mensagem que a pergunta que te fizeram transmitiu)… Confesso que isso me faz muita impressão! As pessoas têm que perceber que não é uma questão de “moda”; é uma questão de sentir pessoal! Tão pessoal… Respondeste bem!;)

    Ah, ando sempre com um tercinho na carteira!:)

  3. Acima de tudo temos que nos respeitar mutuamente, portanto adorei a tua resposta! 😉 Be eu sou uma pessoa de muita fé,mas não religiosa. Diria que sou mais espiritual,mas respeitoe admiro pessoas verdadeiramente religiosas, sem dúvida.

  4. Eh pá adoro as tuas respostas!
    ganda miúda!

  5. Boa resposta!!! 🙂 Se tu gostas e achas importante, ninguém tem absolutamente nada com isso! ora essa!

    beijinho


Categorias

%d bloggers like this: